Notícias

18/09/2017

Entidades debatem sobre Plano da Bacia do Rio Jordão

Representantes dos órgãos que compõem o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Jordão reuniram-se, no mês de agosto, para discutir uma etapa importante do trabalho do grupo: a elaboração do Plano da Bacia Hidrográfica do Jordão. Os membros da Câmara Técnica do Plano de Bacia (CTPLAN) fizeram os últimos ajustes para a implantação do plano.

O gestor socioambiental da Sanepar e representante da Companhia no Comitê, Ricardo Borges, que também é geógrafo, destaca que o documento “é um dos instrumentos da Política Estadual de Recursos Hídricos, instituída no Paraná em 1999, para ajudar a gerenciar os recursos hídricos”. Fazem parte do Comitê 21 entidades que representam vários segmentos da sociedade (setor produtivo, instituições de ensino, iniciativa privada, poder público, associações de usuários, de moradores, entre outros).

De acordo com as legislações estadual (Lei 12.726/99) e federal (9.433/97), que exigem a elaboração de um Plano de Bacia, o documento deve conter, entre outras informações, um diagnóstico da situação atual dos recursos hídricos da bacia, uma análise de cenários alternativos de crescimento demográfico, de evolução das atividades produtivas e de modificações dos padrões de ocupação do solo. “Isso serve, entre outras coisas, para garantir a qualidade da água para os usos múltiplos no futuro”, ressalta Evandro Dalmolin, gerente da Sanepar na região e presidente do Comitê.

O Plano da Bacia Hidrográfica do Rio Jordão também deve apresentar um balanço entre a disponibilidade hídrica atual e as demandas futuras, em quantidade e qualidade. No plano devem ser estabelecidas metas de racionalização de uso da água, adequação de oferta, melhoria da qualidade dos recursos hídricos disponíveis, proteção e valorização dos ecossistemas aquáticos, programas e projetos a serem desenvolvidos e implantados para o atendimento dessas metas.

O plano está em fase final de discussão e sua elaboração conta com o apoio técnico de assessoria externa contratada pelo AGUAS PARANA. A CTPLAN é composta por técnicos dos diversos segmentos representados no Conselho que devem, por meio do Plano de Bacia, apresentar uma compatibilização entre oferta e demanda de água, ou seja, o rio que temos e o rio que queremos. A conclusão do Plano da Bacia do Rio Jordão deve ocorrer até o fim deste ano.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.