Notícias

21/09/2017

Governo libera mais R$ 23 milhões para o programa do Sistema Integrado de Coleta Seletiva

O governador Beto Richa assinou nesta terça-feira (19), convênios no valor de R$ 23 milhões para a implantação do programa do Sistema Integrado de Coleta Seletiva em municípios do Estado. O programa é desenvolvido pelo Instituto das Águas do Paraná em parceria com o PROVOPAR, Sanepar e Itaipu Binacional.

Desse total de recursos, mais de R$ 8,2 milhões foram destinados às prefeituras para aquisição de 31 caminhões de coleta. A compra dos equipamentos para os barracões está sendo feita pelo AGUASPARANÁ, no valor de R$ 14 milhões, bem como os kits contendo cestos de lixo e carrinho de coleta no valor de R$ 1 milhão.

Ao assinar os convênios, Richa destacou que o apoio aos municípios é uma diretriz de governo e lembrou que a cada semana reúne-se com grupos de prefeitos para liberar novos recursos. “Consolidamos e estreitamos a boa relação do Governo do Estado e as prefeituras. Entendemos que são nas cidades que as pessoas vivem e é onde precisamos investir para garantir o bem-estar social a todas as famílias paranaenses”, afirmou.

Richa considera que "os lixões se tornaram o principal problema ambiental dos municípios e a solução é difícil, em função do grande custo de um aterro sanitário. A proposta do governo é também auxiliar os municípios na implantação dos aterros e encerrar de vez o funcionamento dos lixões no Paraná”.

"Com mais esse convênio assinado, passamos a atender 120 municípios, superamos a meta estabelecida para este ano que era de implantar o sistema em 100 cidades", comemorou o presidente do Instituto das Águas do Paraná, Iram de Rezende, ao declarar que "isso só está sendo possível, graças ao empenho e a sensibilidade do governador Beto Richa com as questões ambientais, além do compromisso com a qualidade de população paranaense"

Equipamentos - através dos recursos liberados, o Instituto das Águas do Paraná já realizou, por meio de licitação, a compra dos equipamentos para os barracões de separação do lixo reciclável. Cada município inserido no programa do Sistema Integrado de Coleta Seletiva receberá: 1 moega de triagem; 1 esteira de separação de resíduos; 1 esteira de elevação de resíduos fixa; 50 carros de movimentação de big bag; 50 contentores flexíveis de ráfia com alças de volume 500 litros; 1 mesa de triagem de materiais; 1 carro de big bag; 1 compactadora hidráulica vertical múltipla caixa; 1 carro de movimentação de fardo para múltipla caixa; 1 balança eletrônica de 1200x1200mm com rampa e 1 elevador de fardos.

Além disso, as prefeituras também vão receber um kit que incluem cestos de lixo (lixeiras) e um carrinho visando oferecer aos catadores um trabalho mais ágil e seguro. "Todo o programa foi pensado em promover a melhoria das condições de vida, trabalho e renda desses trabalhadores, bem como contribuir sensivelmente com a redução desse material (reaproveitável) seja despejado na natureza", garante o diretor de Resíduos Sólidos do Instituto, Paulo Breda.

Parceria ajuda a transformar as cidades, dizem prefeitos
O município de União da Vitória assinou convênio a fundo perdido no valor de R$ 410 mil para compra de dois caminhões. “Enquanto muitos estados brasileiros passam por dificuldade, o Governo do Paraná prova que com responsabilidade é possível fazer uma administração que auxilie os municípios”, disse o prefeito Santin Roveda.

Laranjeiras do Sul vai investir em equipamentos para triagem e separação de materiais e, com isso, estruturar de vez a coleta seletiva na cidade. “Já virou rotina para nós vir ao Palácio do Iguaçu assinar convênios e receber recursos”, disse o prefeito Berto Silva.

O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, afirmou que o diálogo entre governo e prefeituras é constante e que isso reflete em mais desenvolvimento para as cidades. “O Governo do Estado está sempre disposto a ouvir e discutir com os prefeitos as necessidades dos municípios. A cada semana temos ações positivas, porque estamos em estado na contramão da situação financeira do Brasil”, declarou Paranhos. Ele assinou convênio de R$ 7 milhões para pavimentação da Avenida Tito Muffato que recebe o fluxo de veículos das Universidades.

PRESENÇAS - Acompanharam a solenidade o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano; os secretários de José Carlos Ortega (Desenvolvimento Urbano); Artagão Junior (Justiça, Trabalho e Direitos Humanos); João Carlos Gomes (Ciência, Tecnologia e Ensino Superior); Edgar Bueno (Assuntos Estratégicos); o presidente do Instituto das Águas, Iran Rezende; e os deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli, líder do governo na Assembleia Legislativa, Tiago Amaral, Gilson de Souza, Stephanes Junior, Cristina Silvestri, Paulo Litro, Pedro Lupion, Élio Rush, Cláudia Pereira, André Bueno, José Carlos Schiavinato, Bernardo Ribas Carli, Marcio Nunes, Guto Silva, Márcio Paulik, Nelson Justos, Hussein Bakri, Maria Victória e Missionário Ricardo Arruda.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.